Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Meu amor

por Lazy Cat, em 29.09.07

Meu amor.

O meu amor não tem nome

nem tem rosto

Mas tem cheiro a Outono

e a encosto.

O meu amor não tem idade

Mas tem o tempo da verdade

O meu amor não é pequeno

Não é comum, não é banal

É meu, e só por isso especial.

 

Meu amor

O meu amor é caminho

pisado por quatro pés

É corpo explorado de lés a lés

O meu amor é carinho

Mas não tem feitio de ninho

Tem ares de tempestade

Tem relâmpagos e trovões

Neblinas e nevões.

 

Meu amor

O meu amor não se mede

Pelo que diga ou  faça

Mas pela velocidade

a que o temporal passa

O meu amor não é teu

Não é nada que te dê

É algo que se sente

E que ninguém vê.

 

Meu amor

O Meu amor não é poema

Nem nada que se leia

O Meu amor é apenas ainda

    Pálido esboço duma ideia

publicado às 23:24


10 comentários

De poeta:vagabundo a 30.09.2007 às 11:06

e assim derrepente ao ler, parecia-me palavras de jorge palma...lindo:)
beijo vagabundo

De Lazy Cat a 02.10.2007 às 10:07

Acho que esse encosto anda a povoar os secretos desejos de muita gente....

beijo de gata...

De redonda a 30.09.2007 às 14:26

Gostei :)

De Lazy Cat a 02.10.2007 às 10:01

também...

De KI a 30.09.2007 às 23:33

O teu amor tem uma grande sorte. essa é que é essa!

Bisous e my voy a volver que tás muito romantique!!

De Lazy Cat a 02.10.2007 às 17:01

Qualquer amor, apenas por ser amor, já tem imensa sorte. Não?

Foge sim, não vá algum raio de amor encandear-te......

De Calimera a 01.10.2007 às 22:36

O meu amor é como o teu.
Coisa mais linda o amor

Beijo grande

De Lazy Cat a 02.10.2007 às 10:00

Ai!
Espero que não em tudo Calimera.


beijinhos

De Alexandre a 01.10.2007 às 23:30

Gosto muito do Miguel Bosé e tenho pena que ele não seja mais divulgado em Portugal.

Muitos beijinhos!!!

De Lazy Cat a 02.10.2007 às 09:59

Realmente, é uma pena. Tem uma voz tão envolvente....

Beijinhos

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog