Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Jogos de luz

por Lazy Cat, em 10.11.07

.

.

Assim, como fio de água , como risco aceso de luz, como algo que sem me tocar me prende, como a voz que me seduz.  Assim como o vento nas canas que se ouve sem se ver, assim como um abraço imaginado que me faz estremecer.  Assim como o fogo que dança no escuro da noite em tons  de azul, assim como o tempo que faz as aves rumarem a sul.

 

Assim, à distância de um beijo, no calor do desejo, ao sabor da tua voz, assim, ao saber das tuas mãos, aos acordes do violão, que alguém decidiu tocar. Assim, entre os teus laços e curvas, entre o sol e a chuva, entre ir e ficar, assim, entre o adormecer sem pressas e o lento acordar. Assim, numa dança infinita, que o vento agita, que o sol entardece, a luz, que passar por ti, se abraça a mim, num jogo de brilhos e de ocultar.

 

Tags:

publicado às 02:30


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog