Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Show must go on....

por Lazy Cat, em 15.11.07

vem daqui

 

III

 

E fico pasmado a olhar para ela….

 

(ela)

Meu deus…o João!

 

(Olha para as mão dele que ajudam a apanhar os cacos da chávena, lembra-se de como são quentes e macias, de como sobem devagar pelo braço e deslizam pelo pescoço… de como lhe prendem o cabelo com carinho, de como a boca dele se desfaz em beijos e outros carinhos…de como aqueles dedos conhecem todos os seus caminhos….)

 

- João, deixa estar, o empregado já vai apanhar isso e limpar tudo.

 

( A voz dela….lembra-se de como fica rouca quando se lhe entrega…)

 

- Não custa ajudar. Não te cortaste? Pergunta enquanto lhe agarra na mão…

 

( e os dedos de repente se entrelaçam e parecem ter vida e não mais se largam, ainda que não se vejam feridas, as mãos permanecem assim, unidas…)

 

- Joana eu….

 

 - Não João. Por favor. Não quero ouvir. Não hoje. Talvez nunca mais.

- Joana….

 

_ Pára! (roubou-lhe de repente a mão e afastou-se, ficando a mesa entre eles)

 

- Não sei como me encontraste aqui, mas é melhor que vás. Sai e segue o teu

   caminho. Não te quero perto de mim, não te quero perto daqui, não te

   quero saber sequer por aqui!

 

- Joana….eu vivo aqui! No prédio da frente. Já não te lembras?

 

( e não, claro que não! Não se lembrava de outra coisa senão do calor dele, do cheiro dele, do sabor dele, das saudades dele, que batiam descompassadas por baixo da camisa….dos olhos que precisamente agora a despiam…. Não…não se lembrava….mas lembrou-se de repente de tardes passadas nesta esplanada, de olhos postos numa varanda, na procura vã duma sombra…)

 

-Joana…(ai Joana….não consigo tirar os olhos dessa boca entreaberta que me repele e me atrai, dessa pele dourada que palpita e se assoma entre pregas de roupa…Joana, Joana…)

- Joana… (levanta a mão para lhe acariciar a face, e o brilho do ouro atrai-lhe o olhar… que se enche de dor…de tanta dor de tanto amar….)

 

Olha-o nos olhos e sem hesitar, sai, devagar.

.

.

continua  aqui 

.

...ideia original daqui

publicado às 22:30

Estrelas Ancoradas

por Lazy Cat, em 15.11.07

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

 

   

Entre a curiosidade e o chá, entre quero saber-te e conheço-te já.... entre despertar de sentidos e desejos contidos, entre sorrisos que surgem e iluminam a noite, entre palavras  trocadas...

Apareces assim, vindo do nada, invades as noites e as madrugadas invades os dias com meias palavras, pequenos segredos, estrelas ancoradas.....

 

E rodopiam as horas numa espera sem fim...

 

publicado às 17:03


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog