Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



AMOR

por Lazy Cat, em 13.12.07

 

Das mãos que me amparam as quedas

Aos gestos que nunca fiz

Do teu sorriso de pedra

Aos abraços que nunca quis

Nasce o momento perfeito

Em que aprendo a ser feliz

 

 

Entre os nadas transformados em tudo inesperados

Em segredos e desejos, pensamentos inconfessados

Em frases que se calam, em abraços que já foram

Em certezas adiadas em verdades que demoram

 

Em saudades de ser e de saber sorrir

Em caminhos já batidos e ainda por descobrir

Em letras que se conjugam para dizer AMOR

Em quadros esquecidos, que perderam a cor

 

Em tudo o que já senti e em tudo o que contei

Em cada pedaço de mim que em palavras te dei

Em cada gesto repetido, em cada saber dar

Em cada relógio marcado de horas a esperar

 

Em cada sorriso molhado, em cada abrandar de vida

Em cada bater de asas de andorinha perdida

Em cada voo de imaginação, e cada saber querer

Em cada palavra sentida, em cada apenas viver

 

Em cada retalho de alma que escrevo sem pensar

Em cada busca retida, em cada querer encontrar

Há coisas minhas e tuas, há um mundo a girar

Há tudo o que não queria, tudo o que não soube dar

 

 

Em versos de melodias que não canto

Há segredos que guardo em mim,

Há marcas de ti em cada recanto

Há saudades de Amor sem fim…

 

 

 

 

publicado às 00:01


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog