Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Cansada

por Lazy Cat, em 07.08.09

Cansada. Cansada de um mundo real em que as virtualidades tomam forma e se expandem no entanto como seres virtuais com garras e presas e interferem como estática, que queima lentamente.

 

Cansada. Cansada dos silêncios interrompidos de histeria. Cansada dos silêncios mantidos por teimosia, que se alongam e se prolongam e tomam conta de todas as noites e de todos os dias inexoravelmente.

 

Cansada. Cansada dos assaltos, dos altos, dos sobressaltos de uma história que não tem fio nem caminho e se desenrola ao sabor do ar e do vento e não é outra coisa senão esperança intermitente.

 

Cansada. Cansada de dar e ouvir e falar e dizer e sentir e ir e voltar e perceber e perdoar e de rever e repensar e de exultar e a seguir lamentar e depois voltar ao mesmo numa espiral crescente.

 

Cansada. Cansada de perder o Norte, de perder pé, de que tudo seja pensado e nada seja dito e assim se perca o diálogo, a capacidade de parar e ouvir, de tentar entender e respeitar num afastar latente.

 

Photobucket

 

 

 

Tags:

publicado às 16:34


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog