Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



E* n*o t* a*o

por Lazy Cat, em 20.02.08

 

 

 

Não, não te amei vagamente como quem não se lembra bem de quê.

 

 

 

 

Com cada poro da pele

Com cada célula de mim

Não te amei calmamente

Mas amei-te, isso sim

 

Com cada sorriso rasgado

Com cada perguntar porquê

Não te amei simplesmente

Foste um acto de fé

 

Com cada gesto contido

Com cada gesto que fiz

Amei-te, amante, amigo

E tudo o que nem se diz

 

Com cada lágrima amarga

Com cada perder o norte

Amei-te como o vento

Tão impotente, e tão forte

 

Com cada letra fustigada

Com cada grito mudo

Amei-te, história roubada

Princípio e fim de tudo

 

Com cada verdade dita

Com cada mentira calada

Não te amei noite dentro

Foi sempre de madrugada

 

Com cada passo inseguro

Com cada corrida alada

Fiz de ti o meu mundo

Foste tudo e eras nada

 

 

 

 

Não, não te amei facilmente, mas amei-te. Possivelmente.

 

 

 

Letra da música aqui

 

Tags:

publicado às 21:58


10 comentários

De ______ a 20.02.2008 às 23:28

Sem palavras. Aquieto-me e leio e penso que como pode ser bonito falar de amor, sentindo ou não mas querendo celebrá-lo.

Deixo-te silêncio e releio.

Sorrio e tenho saudades…de mim.de alguém.de nada. Ou saudades de ter saudades de alguma coisa.talvez de um tempo em que tinha saudades.talvez dum suspiro pensado.dum beijo adiado.dum abraço sentido.dum carinho prometido.saudades de saudades ter é coisa que nunca vou entender.

prometo-te o abraço
envio-te um sorrio
guardo-te o beijo

De V.A.D. a 21.02.2008 às 02:13

Com cada pedaço do meu entendimento
Com cada bocadinho de mim
Maravilho-me com palavras assim
Cheias de intensidade e sentimento

Com cada verso me evado
Com cada sílaba me encanto
Cada frase é emoção e espanto
É amor intenso, quase desesperado

Simplesmente lindo!

Um beijo e um enormeeeeeeee sorriso... :-)

De mnike30 a 21.02.2008 às 08:48



Se houvesse um sapinho de boca aberta assim, pró impressionado, eu deixava-o aqui!
:)
Beijo

De mnike30 a 22.02.2008 às 08:41

Lina... eu achei que essa expressão era pouco para descrever "impressionado"!
Fiquei assim como quando li o teu "De ti para contigo"... só que as palavras fugiram-me...
Beijinhos às duas

De Viajante a 21.02.2008 às 12:34

Perfeito...
Amar não é fácil. Mas é amar...

Um beijo viajante...

De Niniane a 23.02.2008 às 12:53

Lamento invadir o teu espaço, mas não resisti a deixar um comentário. Apesar de estar sem palavras, quero que saibas que gostei de tudo o que até agora por aqui encontrei. =)
Então este último...parabéns.

De mnike30 a 23.02.2008 às 21:58

Need a hand, please!

http://mnike31.blogs.sapo.pt/19916.html

Kiss

De Lazy Cat a 25.02.2008 às 22:05

______, sem palavras para ti, porque sabes todas as minhas, muitas vezes melhor ainda que eu.

Niniane, não considero nenhuma incursão pelo Lazy uma intrusão, estás perdoada de avanço e convidada em permanência.

Mnike, Sweetie....I'll go there as soon as I can.

Não precisam ficar boquiabertos meninas e sapinhos...sei que gostam de mim. Gosto muito de vcs também.

De Me Me Me Me a 20.07.2010 às 18:49

Este poema é mesmo bom. Até me dá saudades de escrever :)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog