Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



…e entrei noutra dimensão…

por Lazy Cat, em 16.06.08

 

Sem tempo sem horas, sem cordas nos relógios, sem varinhas de condão. Numa dimensão onde há histórias que são apenas isso, relatos de momentos passados, peças por encenar, que aguardam o actor ou a actriz certa, que se escondem nos recantos, nos abraçam e despertam.

Numa dimensão onde o medo retomou o seu lugar, na prateleira das certezas com que temos de lidar, onde o vento tem cores e a lua prateada se move à vontade entre estrelas cadentes e cometas, nas linhas da escrita dos contadores de histórias e dos poetas.

Onde o sol brilha de noite, se assim apetecer, os abraços têm sabores e as nuvens são neve a derreter, uma dimensão onde não há medidas nem limites, onde nada se perde ou se pode comprar e não há substituto para a palavra amar.

Há telas nas paredes, com lembranças do futuro, há balões que ainda voam ao milésimo furo, há estradas que nem começam nem acabam, e mãos que se fundem. Há no ar um vento quente, como um fim de tarde de verão. Há letras que se conjugam em paixão.

Também há silêncios, povoados de vidas noutro lugar, outras caras e sorrisos, outros olhos a brilhar. E há explosões. E acordes que se perdem no breu da noite que se avizinha, algures um saxofone que se sobrepõe às notas do piano em surdina.

Há alianças secretas, símbolos, cumplicidades, há na hora incerta, a certeza da verdade. Há sorrisos de crianças, vozes que se misturam, confettis e serpentinas e gatos pretos num muro.  É algo como magia, sentir-te assim ao meu lado, entre colheradas de vida e lufadas de sorvete gelado.

 

Photobucket

 

 

 Letra da música

publicado às 23:20


15 comentários

De teresa a 17.06.2008 às 00:34

E quando n-a-d-a disto existe, podemos inventar é?

:)

*depois do que li é só o que me apetece....

De Carlos Lopes a 17.06.2008 às 08:50

Trem das Cores é uma das minhas canções preferidas do mestre Caetano. Este é um dos meus blog preferidos, embora tenha andado muito "quieto" há já lagum tempo. Kiss à gata "perdida" sabe-se lá por onde ;-)

De Lazy Cat a 19.06.2008 às 01:26



Olá Carlos. Muito quieto? Desconfia das águas paradas. Ou então dá crédto à vida além-blog....

Quanto ao onde... ;)

Kiss. E uma arranhadela, seu Sr Cusco!

De Carlos Lopes a 19.06.2008 às 16:41

Senhora gata preguiçosa: aqui o Sr. Cusco, nada cusca sobre a vida alheia. É, digamos, apenas curiosidade, coisa que as gatas devem bem saber o que é... ;-)

Quanto à vida além blog, ela existe. Felizmente. Concluo então que andas com uma vida bem cheia e isso é muito bom.

Esquivei-me à tua arranhadela, por um triz. Agora toma lá uma do Sr. Cusco. Com jeitinho...

De KI a 17.06.2008 às 17:12

Olá,

entrei com vontade de ler e esqueci com vontade de lamber. Sorvete de morango hummm, mas gosto mesmo é de rum.

O link? Andas mt esquecida, então o link n era só clicar no nick?

Desejo-te sorrisos, um bom Verão e tudo que te faça feliz.



http://www.trapezio.blogs.sapo.pt

(a ver se at least desaparece dali o Trampolim.)

De Lazy Cat a 17.06.2008 às 17:32

Tu andas distraída... o link da música??!! BOa?!

De Café com Natas a 18.06.2008 às 00:00

Olá Lazy,

Este teu post está cheio de cores e sabores, saudades, amores, esperança, emoções, e grandes explosões de alegria.

Ai o pistacio...
Aiiiiiiiiiiii
Fica com as natas que eu levo os gelados ;)
Beijinho

De Lazy Cat a 19.06.2008 às 01:30

Sorry.
Dos meus gelados come quem os partilha comigo!
Ora essa!

Traz o café. Eu tenho um sofá menos mau.


:)

De KI a 18.06.2008 às 00:07

Ah muitas desculpas a frase"nada no teu mar que sou eu" era mesmo minha a música q me referi era o Everything que tocava na altura.

De Lazy Cat a 19.06.2008 às 01:27

Muitas desculpas, afinal quem anda distraida sou eu!

Um verão que me faça feliz? Hummmm

:)

Gosto de manter o Tramp ali.
....

De Cris a 18.06.2008 às 00:43

É tudo tão melhor assim, né?

Beijocas enormes e cada segundo assim colorido e preenchido de coisas doces para ti.

Depois de dois kg de gelado numa semana, ando a tentar não cometer mais loucuras... agora chego aqui e ... lá terei que ir comer mais um cadinho. O que vale é que ainda não deu para engordar...:)

De Lazy Cat a 19.06.2008 às 01:28

podes comer deste à vontade. Podes. Mesmo.
Sacia de uma maneira tão diferente!

Beijocas larocas.

De zm a 24.06.2008 às 06:27

Pudesse este mundo, "sem horas", de medos "na prateleira das certezas", que enches de côr e "derretes nuvens" com o calor do sol que escolhes a hora de nascer, mostrar ao outro que também pode ser.

Se sonhar...

De zm a 24.06.2008 às 06:29

Dispenso o gelado.
Satisfeito com as tuas palavras.

Obrigado

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog