Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Herói das minhas fantasias.

por Lazy Cat, em 22.10.12

 

Nos meus olhos foste rei. Herói de todas as historias, todos os contos, todos os filmes. Nos meus olhos havia um brilho que nascia de ti. Uma cortina de ilusão sustentada pelo amor que votava inteiro, imaculado e completo ao ser pleno potencial que escolhi ver em ti.

 

E é assim que se ama perdidamente, loucamente, sem tino e sem medida. Numa realidade que construímos, com base no que vemos e ampliamos, esquecendo e fingindo ignorar tudo o que não se enquadra na nossa visão de harmonia perfeita. Não amando quem o outro é mas sim quem nós achamos que pode vir a ser.

 

 

 

publicado às 13:40


1 comentário

De Essência a 23.10.2012 às 16:59

Aos nossos olhos tudo pode ser tudo!
No nosso coração, ai já é diferente, no nosso coração só o que é, pode ser.
Os olhos suspiravam, mas o coração batia, batia com toda a força, batia porque vivia, porque tinha vida.
Depois, um dia morreu.
Os olhos continuaram a ver, mas o coração já não batia, tinha sido apunhalado. Agora só sangrava.
O coração daquele que um dia os olhos tinha visto como rei. Ele preferia mil vezes ter sido visto como um mendigo e ter sido amado.

(só um exercício matemático...)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog