Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Seduz-me assim...

por Lazy Cat, em 30.07.07
Procura-me na rua
Passa por mim e sorri

Entra na minha pastelaria
e em segredo paga o meu chá

Deixa uma flor na minha secretária
obrigando-me a pensar "de quem será?"

Deixa excertos de livros,
na minha caixa de correio
Prometo que os procuro e os leio

Laços brancos, nas flores do meu jardim
Não os vou tirar, ficarás perto de mim.

Demora o tempo que quiseres,
a mimar-me assim...
Acompanha-me, descobre-me, intriga-me
e aí

Procura um lugar no cinema,
perto do meu, ainda que separados
veremos o mesmo filme, tu e eu

E depois do filme terminado
passa pela bilheteira
pede um beijo num bilhete rasgado
e se alguém to entregar
sabes onde vivo e como lá chegar.

Pontos de luz pelo caminho
pétalas espalhadas, incenso no ar
portas e janelas abertas
e eu. à tua espera
se arriscares entrar...

publicado às 19:54


10 comentários

De biko a 23.08.2007 às 14:08

No fundo, todos procuramos esse momento...onde as almas se encontram no sorriso de um olhar que diz tudo, sem falar nada!

escusa-me, mas roubei teu poema e publiquei no meu blog (fragmentosdoself.blogspot.com)

De Pecadormeconfesso a 16.08.2007 às 15:53

Achas que lhe mande flores lhe escreva uma carta, ou fuja dela por causa dele?

De Cleopatra a 12.08.2007 às 00:03

O pior é qdo se perdem............

De Ni a 11.08.2007 às 15:32

Tal como disse no blog da Cleópatra... 'até dói de tão belo'!
Que poema espantoso!!!
Colocaste-nos a nu a alma feminina... e ainda bem! Que se saiba que uma flor roubada vale mais do que mil ramos que apenas se pagam... nem se escolhem... deixam-se ao critério da florista! Que se saiba que o vinho sabe melhor quando provado da boca de quem se ama... do que através de um copo do melhor e frio cristal.
Que se saiba que a palavra adivinhada nos ou pelos nossos olhos... tem mais valor do que a mais cara jóia.
...
Poucos ousam amar assim uma mulher... mas os que têm essa coragem e descobrem o eco que recebem de nós... sabem o sabor da palavra plenitude.

De João a 10.08.2007 às 12:15

bonita forma de estar viva, um beijo

De Cleopatra a 09.08.2007 às 21:36

Roubei o teu poema para o meu blog! ;)

De Cleopatra a 06.08.2007 às 23:59

Pois se me permites... vou divulgá-lo no meu
Manuel de instruções?! Há quem já o tivesse lido
Parabéns mais uma vez. Estou atornar-me repetitiva!

De Pecadormeconfesso a 06.08.2007 às 22:24

Que saudades que tu me acendeste.

De gata a 01.08.2007 às 03:10

Pode ser que este texto se transforme em manual de instrucções.....mas vamos ter que arranjar um blog com mais visitas para divulgá-lo!!! ;)

Gostei da visita. Obrigada.

De DarkMorgana a 01.08.2007 às 01:42

Raras são as pessoas que hoje, seduzem assim...
Por isso, é que na maior parte das vezes, não seduzem.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog