Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



amar assim

por Lazy Cat, em 04.05.13

mas amar amando, recusando, negando amar. negando amar-te. amar-me amando-te porque te amo e te quero num vento de loucura que passa e já não ama quando amaina e descansa. E agora, que chega o calor do sol e me aquece a alma volto a querer, a amar-te, a sentir-te. amar e aceitar-te. na vastidão das areias movediças que nos cercam, amar-te, negar-te, negar-me o direito, a vontade de te amar. amar-me, de amor profundo no peito, por já não te querer e no entanto ainda te amar. e querer-te, e amar-te e sentir-te e ter-te. e recusar aceitar amar-te. assim, numa dança, num jogo. num compasso ritmado a loucura de duas cabeças a pedido de dois corações amar-te assim, como o vento que passa e te despenteia um pouco mas acalma e já te esqueces das sensações. amar-te. amar-me por te amar assim. amar-me por não gostar apenas de ti, por não gostar apenas de mim. Amar-me por saber amar-nos assim. nesta dança de ventos sem fim.  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Imagem retirada daqui

Música? aqui! 

publicado às 12:12



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog