Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Deixa-me ir

por Lazy Cat, em 28.05.13

  

Abre a tua mão, a tua alma, o teu coração.

Deixa-me sair.

Não guardes em ti nada de meu, nem sorrisos,

Nem risos, nem sequer um adeus.

Deixa-me voar.

Aqui faz muito frio, preciso de sol, preciso de mar.

Não me feches no vazio.

Deixa-me sonhar

Fazer voar as letras pelo céu azul, são contos a norte

são estórias de embalar a sul.

Deixa-me ser

Sem horas nem destino, apenas respirar, estar,

Conseguir ver o mundo

Amar-te-ei onde quer que esteja, sem tempo, sem prazo

Virei no vento, como um afago

Deixa-me ir

Porque é preciso, para querer voltar. 

publicado às 20:22


1 comentário

De homem de negro a 29.05.2013 às 02:03

Hum...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog