Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



E entra o medo!

por Lazy Cat, em 29.05.13

 

 

O medo de te ver, o medo de te não ver

O medo do que sentes ainda por ela

O medo de te querer tanto e te perder

Sempre que olhas assim pela janela

 

O medo de a ver passar pela rua

O medo que fiques preso aos passos dela

O medo como uma dentada crua

De cada vez que leio amor por ela

 

O medo de não ter nunca a certeza

O medo de voltar a acreditar

O medo da estranha beleza

Desse amor que não consegues negar

 

 O medo, o medo, é o medo!

 

O medo das palavras dela,

O medo que me aperta o coração

O medo que no teu sono cansado

Chames por ela e por mim não!

 

O medo de amar quem nos não ama

O medo de perder o calor da tua mão

O medo, segredo esquecido na cama

Mas no resto da vida não!

 

O medo como uma espada que brilha

O medo, da fúria refúgio e razão

O medo de saber que definhas

Sem ela não sabes amor nem paixão! 

 

 


PS: não, não tenho medo! nunca tive. 

lembrem-se, nem tudo o que escrevo 

é publicado no tempo certo e nem sempre

o que escrevo é sobre mim! Aloha! 

publicado às 21:14



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog