Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


...

por Lazy Cat, em 19.12.13

 

Desejo-te :

 

O Natal mais feliz de todos os que já passaste. Que traga tudo o que sempre desejaste.

 

Pequenas prendas inesperadas…

Cartões empilhados na mesinha da entrada.

Embrulhos espalhados pelo chão. A Arvore no canto do salão.

 

Pancadinhas na porta. Gente a entrar.

O calor da lareira e os cheiros de sempre no ar. Família a chegar….

 

A mesa posta. Brilhos. Cristais e Pratas. Azevinho por cima das portas.

Todas as sobremesas de que gostas…..

 

Desejo

Que a noite de Natal seja tudo o que recordas

A quietude no meio do bulício. Os afazeres.

Cozinhar, receber amigos, recordar…

 

Sorrisos. Abraços. Um beijo apenas esboçado.

Presentes escolhidos para ti. Com Amor e cuidado.

 

O chão coberto de papel amarrotado. Fitas, laços, prendas por todo o lado…

 

Desejo-te amor e amizade.

Cartões que espalham pó brilhante, marcadores de livros, um postal, uma lembrança.

 

Um obrigado sussurrado. O beijo duma criança.

 

Aqui me tens a desejar-te mais um Natal cheio de caras sorridentes,

vozinhas de criança no meio do corredor em vez de despertador. Olhos brilhantes. Abraços de bracinhos hesitantes.

 

O aroma das festas passadas e de todas as que hão de vir.

Um Natal para acordar e adormecer a sorrir. Canções, silêncios.

Momentos calmos. Intensos. Saudade, cumplicidade.

Amor e Amizade. Uma casa cheia de alegria.

 

Desejo-te…um tempo fora do tempo, carregado de magia.

 

 

 

 

 

publicado às 14:07

Votos de Natal

por Lazy Cat, em 21.12.12

 

Fácil: sonhem de olhos bem abertos e acreditem até morrer! 

 

 

publicado às 18:09

Um toque de acreditar...

por Lazy Cat, em 21.12.12

 

A

vida

é uma

maravilhosa

viagem, escolha

inconstante, um sorriso,

um arrepio, uma aventura,

deliciosamente desconcertante.

*

Um ramo de flores nas escadas,

uma fita azul no cabelo,a cara suja de chocolate.

Neve nos telhados, o sol na esplanda dos gelados.

Palavras,

canções, estórias, fotografias,  postais, corações, memórias.
*
Nesta longa composição surpreendente e delicada, tudo tem lugar;

as pedras no caminho,  os desvios, ficar perdidos, todas as lágrimas, até

as de crocodilo. Todas as mágoas, todas as dores.Todas as coisas más e coisas piores.

E por cada uma delas, um sorriso, um abraço, um bom dia. Um bolo de chocolate, um beijo,

uma linha de poesia.

Uma fotografia antiga, um livro reencontrado, um perfume

conhecido, um desenho amarelado.  Um barco sem remos. Um joelho rasgado.

Uma árvore de neve, uma lareira de Natal, são promessas para viver, pés a aconchegar.

Saudades.

Açúcar e canela no ar. Aniversários, sucessos, pequenas e grandes vitórias para festejar.

Pequenos e grandes nada para celebrar. Mãos dadas. Caminhos por pisar. Discursos e surpresas. Silêncios.
Histórias, um piano a tocar,

imagens desfocadas, um livro para contar, melodias, 

bem-querer sem nunca cansar, letras que fazem palavras que fazem sorrir e dançar.

Uma festa improvisada, gente a chegar, flores coloridas na entrada, um vela de brilho a cheirar.

Lareiras que cantam baixinho, 

presentes do coração ofertar,

notas que voam sorrindo,

um sopro de pó de luar,

especiarias e vinho quente,

pé ante pé no caminho e

sempre, como quem respira,

amar.

 

* * * * * * * * * * *

 

 

 

 

Música: I’ll be home for Christmas

 

 

Because, as I promise thee

Wherever you will go

There my spirit will be…

 

 

 


 

 

publicado às 15:22


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Posts mais comentados