Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Lazy Cat

No meu cérebro vive um caos sinfónico de ideias desordenadas. Num harém simbólico, todas concorrem -APENAS- pelo teu olhar deslumbrado...

Lazy Cat

No meu cérebro vive um caos sinfónico de ideias desordenadas. Num harém simbólico, todas concorrem -APENAS- pelo teu olhar deslumbrado...

o Inverso do Fado

Agosto 05, 2012

 

Não sei se é alegria,

o fado nem sempre é triste

é português e melancólico,

mas sempre sorridente.

 

Faz parte de nós, arrepia, 

assusta, afasta e atrai. 

Está-nos, como o mar, 

nos olhos e no andar. 

 

Com ele já todos chorámos,

já todos sorrimos, 

já lhe fugimos e o recusámos

e com ele nos espantámos

 

no sentido de humor,

no discurso bairrista,

no sorriso brejeiro, 

na voz

de quem sempre acredita

  

Ao sorriso, inversamente igual à desdita! 

 

 

Este texto foi inspirado pelo "Inverso do Fado" 

na voz de Marco Rodrigues. Obrigada Marco

 

 

"Ao pé de ti, a noite faz-se claridade
E vem sorriso pela rua a cada instante
A alegria anda à solta na cidade
E a tristeza fica ao longe, tão distante."

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2010
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2009
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2008
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2007
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D